Escuteiros 255-Damaia

Sempre Alerta!

Lema Escuteiros

O que é o escutismo?

O nosso agrupamento, 255-Damaia pertence ao Corpo Nacional de Escutas (CNE). Pertencemos ao Núcleo Serra da Lua que engloba os agrupamentos de escuteiros das regiões de Sintra e da Amadora e atualmente contamos com mais de 100 elementos no nosso efetivo. Participamos ativamente nas mais variadas atividades escutistas nacionais e internacionais, somos membros ativos nas iniciativas do Banco Alimentar e nas campanhas de recolha de bens e alimentos e nas campanhas de recolha sangue, junto ao Instituto Português do Sangue (IPS).

Quem participa nos escuteiros?

Estamos organizados em secções consoante as faixas etárias:

CONHECER
Na Iª secção ou Alcateia, somos lobitos e temos entre os 6 e os 10 anos. Ser lobito é brincar e aprender todos os dias, viver aventuras em todas as atividades e aprender fazendo. É aqui que crescemos e aprendemos o que é isto de usar um lenço ao pescoço e praticar diariamente uma boa ação.

DESCOBRIR
Na IIª somos exploradores. O que são exploradores? Jovens entre os 10 e 14 anos que aprendem a ajudar o próximo e cuidar do ambiente sem esperar recompensa. Jovens que preferem um acampamento a festas, uma esteira ao conforto da cama e longas caminhadas, arborismo, slide, rapel a uma ida ao cinema. Jovens que escolhem a fazer parte de uma família de lealdade, entreajuda e crescimento.

CRESCER
A IIIª é a secção dos pioneiros. Os pioneiros têm entre 14 e 18 anos e trabalham em equipas. Ser pioneiro é ser irreverente, é querer fazer mais e melhor. É ser puro nas palavras e nas ações, é ter a força para desbravar caminho e trilhar um rumo. É crescer em comunidade, desenvolver novas competências e acima de tudo ganhar responsabilidade. É tornarmo-nos jovens adultos preparados para um futuro consciente e desafiante.

AJUDAR
A IV secção é a última das secções do projeto escutista. Destina-se a jovens adultos entre os 18 e 22 anos, sendo que o lema que se impõe é Servir. Servir ao próximo, servir à comunidade e servir aos irmãos. É aqui que projetamos todos os ensinamentos anteriores vividos em experiências que nos elevem como pessoas e escuteiros, sendo que o objetivo se centra na procura pessoal do Homem Novo e na Partida para novas aventuras e horizontes.

A hist´ória dos escuteiros

A 8 de Novembro de 1967 nasceu o Agrupamento 255 do C.N.E, sendo o Patrono Cristo Redentor, e o seu fundador o chefe Adelino Pinto.

Iniciámos esta jornada apenas com o Grupo Explorador nº 47 filiado. Hoje seguimos os passos do nosso fundador e contruímos alicerces e fundações que ajudam mais de 100 jovens a crescer e a trilhar o seu próprio rumo. Filiámos o Clã II e a Alcateia a 14 de Julho de 1971, assim como o Grupo Sénior nº 29 (hoje Grupo Pioneiro) em 1982, com a separação do Grupo de Exploradores em Juniores e Seniores.

A nossa história é feita de crescimento, uma história de pessoas, feita por pessoas e para pessoas. Na Damaia e na paróquia, o Agrupamento 255 desenvolveu uma vivência Cristã, um espirito de comunidade, um percurso de cidadania. Baden-Powell, o fundador do escutismo, deixou-nos um legado, ensinou-nos a fazer e nós fizemos.

Contactos